O 2º Congresso de Ensaios e Experimentação em Engenharia Civil terá lugar no Instituto Superior de Engenharia do Porto, de 19 a 21 de fevereiro de 2019.
 
Esta 2ª edição do congresso, que tem como tema principal Monitorizar e Preservar, é organizada pela Associação de Laboratórios Acreditados de Portugal (RELACRE), pelo Instituto Superior Técnico (IST, Universidade de Lisboa) e pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP, Politécnico do Porto).
 
No atual ciclo de atividade com enfoque na preservação e valorização do património construído, este congresso pretende dar a devida importância à monitorização como ferramenta de apoio imprescindível à gestão desses mesmos ativos, com a finalidade última da sua melhor preservação no ciclo de vida. A monitorização assume ainda maior relevância no âmbito da utilização de novos materiais ou processos construtivos, sobretudo na reabilitação ou reconstrução, onde interessa aprofundar conhecimentos relativos ao seu comportamento em serviço. A implementação das mais variadas técnicas de monitorização, usufruindo com vantagem das tecnologias de informação e comunicação da atualidade, baseia-se em grande medida em ensaios e experimentação que estão em permanente evolução.
 
Este congresso, que terá Sessões Tutoriais, Sessões Plenárias com apresentações convidadas, apresentações orais e exposição técnica, pretende ser um amplo fórum de divulgação e partilha de conhecimentos e experiências entre os seus participantes das áreas da investigação e ensino, indústria e serviços, em diferentes tópicos:
 
  • Reabilitação do património histórico e cultural
  • Atuação em hidráulica, ambiente e recursos naturais
  • Inspeção de estruturas geotécnicas e infraestruturas de transporte
  • Utilização de biomateriais, nanomateriais e novos materiais
  • Desenvolvimento e utilização de ensaios não destrutivos
  • Análise do comportamento sísmico, vibrações e ruído, aplicações em higrotérmica, certificação energética e física das construções
  • Ensino experimental e formação avançada no domínio da monitorização
  • Inovação e tendências futuras (BIM, novos sensores e tecnologias, avaliação do ciclo de vida, fiabilidade e gestão de risco, manutenção)